O ato de comprar se tornou tão complexo que já envolve inúmeras teorias que almejam explicar ou mesmo justificar os comportamentos do ato de desejar, escolher e pagar por um produto.

Exemplificamos oito teorias gerais comumente estudadas pelo mercado e convidamos a todos a se identificar com alguma(s) dela(s) em seu ato de consumir.

 

1 – Teoria Evolucionária

Esta teoria exemplifica que o consumo se dá através da motivação inata de todo ser humano perpetuar sua espécie, isto envolve diretamente o instinto de preservação e a procriação inerente a nossa natureza.

 

Fonte: blog.yourviews.com.br

2 – Teoria de Racionalidade Econômica

Esta é a base de todas as teorias, busca exatamente um beneficio maior por um menor custo possível, sendo esta a base de escolha central dos consumidores.

3 – Teoria Comportamental ou Behaviorista

Se baseia na influência do ambiente e trabalha principalmente com reforços e incentivos no ato da compra.

 

Fonte: Programa Avançar

4 – Teoria Psicanalítica

Os desejos inconscientes do ato de comprar são os principais motivos de estudo do individuo nesta teoria

5 – Teoria Social e Antropológica

Trata o consumo como algo social, um processo natural e social com referência ao consumidor, seus pares e a sociedade.

6 – Teoria de Murray

Estuda basicamente a motivação e as diferenças entre as necessidades biológicas e as necessidades sociais do consumidor.

7 – Teoria das Necessidades de Maslow

Através da imagem de uma pirâmide, Maslow contextualiza as necessidades hierárquicas do ser humano.

 

Fonte: Agência Conecta

 

8 – Teoria Cognitiva

Sem dúvida uma das mais utilizadas se baseia sobre as decisões de compra, que podem ser variadas, sempre de acordo com cada produto, busca, frequência e hábitos de consumo, além de procurar teorizar a reação do consumidor sobre diferentes alternativas de compra.

Fonte: KARSAKLIAN, E. Comportamento do Consumidor. 2º ed. São Paulo: Atlas Editora, 2004.

Autoria: Tutoria Polo UNIP