Termo cada vez mais comum tanto na área da tecnologia como também em atividades profissionais e acadêmicas, o “armazenamento em nuvem” ou “processamento em nuvem” significa que todas as informações que uma pessoa quer armazenar ou todos os programas que precisa rodar (funcionar) podem ser feitos diretamente pela internet, sem a necessidade do uso de seu computador pessoal ou dos computadores da empresa em que trabalha.

Na prática qualquer arquivo e qualquer aplicativo (programa) podem ser guardados e manipulados pela web de qualquer lugar do mundo, bastando apenas uma conexão relativamente estável.

Este conceito revolucionário traz inúmeras vantagens e muita, mas muita comodidade para as pessoas. As empresas de tecnologia no mundo entenderam isto e investem cada vez mais em serviços e aplicativos para traduzir toda esta comodidade no dia a dia.

Inicialmente a computação na nuvem (computing cloud é o termo em inglês) teve como principal entusiasta o americano John McCarthy, um dos pais da inteligência artificial, McCarthy defendia nos anos 60 que assim como qualquer cidadão paga pelo uso da água e da energia elétrica, ele também poderia pagar pelo uso do serviço de computadores, na mesma época outro americano, Joseph Carl Robnett Licklider, criou uma forma de computadores compartilharem arquivos em rede, assim foi criado o embrião da internet, a Arpanet.

Inicialmente a Arpanet tinha uso para fins militares e acadêmicos, décadas depois com a WWW (Word Wide Web) devidamente popularizada e disseminada em escala mundial, o professor Ramnath Chellappa popularizou o termo computação na nuvem em 1997 em uma palestra acadêmica, de lá para cá tanto a computação como o armazenamento em nuvem marcam a tendência futura da web, juntamente com a internet das coisas (Internet of Things) e AI (Artificial Intelligence).

Principais Vantagens

  • Baixo Custo para todos usuários: uma vez que o hardware necessário é somente para visualização e manipulação dos dados, sem exigências de grandes processamentos.

 

  • Escala de produtividade alta e global: todos os arquivos podem ser acessados remotamente aumentando o ganho em escala e a produtividade da equipe de trabalho.

 

Confiabilidade e Segurança: os protocolos de acesso são os mesmos para acesso aos sites (HTTP), porém com uma segurança muito maior. A maioria das empresas responsáveis pelo armazenamento de dados possuem servidores espalhados em todo mundo com sistema de backup automático, espelhamento e informações divididas em pedaços evitando ao máximo a exposição a hackers.

Fonte: Sonda

 

Esperamos que tenham entendido um pouco mais sobre este conceito tão falado nos dias atuais e que as informações repassadas tenham ajudado a esclarecer melhor o que é a Computer Clouding e Cloud Storage.

 

Referências:

ASCHOFF A. BLOG SAFETEC. Armazenamento em Nuvem: Como Funciona, Vantagens e Como Usar. Disponível em: http://blog.safetec.com.br/cloud-computing/armazenamento-em-nuvem-como-funciona/. Acesso em: 09 de Jul. de 2018.

CRUZ F. B, SUPERINTERESSANTE. MUNDO ESTRANHO. Como funciona o armazenamento em nuvem? 4 de Jul. de 2018. Disponível em: https://super.abril.com.br/mundo-estranho/como-funciona-o-armazenamento-em-nuvem/. Acesso em: 11 de Jul. de 2018.

IPM BLOG. GESTOR PÚBLICO MUNICIPAL. História da Computação em Nuvem como surgiu a cloud computing? 01/09/2017. Disponível em: https://www.ipm.com.br/blog/historia-da-computacao-em-nuvem-como-surgiu-a-cloud-computing/. Acesso em: 12 de Jul. de 2018.

IPSENSE. EQUIPE IPSENSE. Como surgiu cloud computing? Conheça sua história. Disponível em: http://www.ipsense.com.br/blog/como-surgiu-cloud-computing-conheca-sua-historia/. Acesso em: 12 de Jul. de 2018.

MICROSOFT AZURE. O que é computação em nuvem? Disponível em: https://azure.microsoft.com/pt-br/overview/what-is-cloud-computing/. Acesso em: 09 de Jul. de 2018.

Autoria: Carlos B. Tutoria Presencial das Graduações de Gestão nos Polos UNIP.